CONAQ

Fórum da CONAQ - Empresa Júnior de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos da UFSC
 
InícioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Precificação - Preço CONAQ

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Felipinho

avatar

Mensagens : 19
Data de inscrição : 10/05/2009
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Precificação - Preço CONAQ   Dom Nov 15, 2009 8:12 pm

Segue minha opinião:

(_0_)Porte do cliente
(_0_)Disponibilidade da CONAQ no momento do início do projeto.
(_3_)Complexidade/dificuldade do projeto
(_3_)Prazo p/ realização do projeto
(_0_)Dificuldade de encontrar professores e/ou consultores por área de conhecimento.
(_0_)Dificuldade em agendar o Laboratório a ser usado
(_0_)Tipo de matéria prima utilizada
(_0_)Análise em terceiros (quando existir)
(_0_)Grau de tecnologia que o cliente já dispõe

Basicamente, acredito que deveriamos ter uma preocupação bastante grande em dois tópicos: Complexidade e prazo para realização do projeto. Esses dois tópicos são, na minha opinião, os mais justos na relação CONAQ/CLIENTE. Eles são a base para ajustarmos os preços das consultorias. Precisamos ter coerência no preço. E neste caso, justificando o primeiro item, porte do cliente, acredito que não deva influenciar no preço. por que não? Imagine que um cliente de GRANDE PORTE venha até nós solicitar uma consultoria. Peça algo simples de se fazer. Pergunto: iremos cobrar um preço maior pois o cliente tem, a priori, condições de pagar? Não devemos fazer isso. Corremos o sério risco de perder clientes por isso. Clientes de GRANDE PORTE, normalmente não pedem consultorias simples de se fazer. Se fosse simples, fariam, já que cliente GRANDE, tem pesquisa atrelada ao planejamento estratégico. Segundo, cliente GRANDE não pesquisa em um só lugar uma solução e não deixaria apenas na mão de uma empresa junior uma responsabilidade considerável. Então se utlizarmos o PORTE do cliente como maneira de precificação podemos ter problemas de não efetivação de consultorias. Normalmente um cliente de PORTE pede algo mais complicado. Aí sim, quando falamos em complexidade, falamos em precificação. Ora, se um projeto tem caracteristicas com um nivel alto de dificuldade, devemos e precisamos cobrar por isso. Afinal de contas, algo complexo, não é algo trivial, e quem necessita de soluções complexas, primeiro pode lucrar muito futuramente com essas soluções e obviamente trabalhar em cima delas necessitará de um custo alto. Um projeto pode ser feito em 30 dias com uma complexidade grande. Se utilizarmos o sistema atual, não estaremos sendo justos. Imagine duas consultorias paralelas. Uma de pesquisa ( Pdm, que está sendo realizada) e uma outra cujo objetivo é descobrir uma solução para um produto que está diminuindo o lucro em 15% de uma empresa. Imagine que os dois projetos sejam feitos em 30 dias. No atual esquema, considerando preço CONAQ apenas, os preços sairiam iguais. Vc acha justo isso? Eu acho totalmente injusto. O projeto de pesquisa é algo tranquilo de se fazer. O outro tem um nivel de complexidade muito maior. Nesse caso a CONAQ precisa diferenciar os preços por complexidade.
Outro tópico : PRAZO PARA REALIZAÇÃO DO PROJETO. Imagine que temos um projeto cujo planejamento inicial mostra que necessitar-se-á de 60 dias para executá-lo. de uma forma que segura. De repente o cliente fala para a CONAQ que precisa que o projeto seja feito em menos de 4 semanas. Haverá uma necessidade de remodelagem do planejamento e tambem haverá uma carga maior de trabalho ( mesmo que decida-se aumentar o numero de consultores externos do projeto), pois o gerente precisará monitorar melhor o projeto, pois a intensidade semanal será muito maior. Se ocorrer qualquer problema, da mesma forma, o tempo para solucioná-lo será menor, acarretando em decisões importantes em um espaço curto de tempo. Segundo que se o cliente precisa de um projeto rapidamente, a própria lei do mercado, nos fala que o preço é maior, ou não há diferença de preço quando compramos uma passagem de avião dois meses antes ou dois dias antes de viajar? ou quem sabe quando compramos um ingresso de um show semanas antes de ele ocorrer ou na semana do show? Tente pedir para uma empresa de máquinas ou outro bem fabricar uma máquina ou outro artigo em uma prazo menor do que eles acham necessário: o preço para entregar um produto antes de um prazo considerado razoável pelo fornecedor será totalmente diferente e maior.
Acredito que esses dois pilares são importantes para a definição JUSTA do preço para um cliente. Os outros tópicos : disponibilidade do CONAQ, Análises em locais terceirizados, grau de tecnologia, dificuldade em agendar laborarório, dificuldade para encontrar professores e tipo de matéria prima utlizada, são todos, se analisarmos com cuidado, derivativos dos dois primeiros e dizem respeito ao planejamento, competência e agilidade da CONAQ. Pegamos por exemplo, o primeiro citado: disponibilidade da CONAQ. Essa questão é um problema totalmente da estrutura da empresa e dos recursos humanos. Se não há disponibilidade, convenhamos que algo está errado na politica da empresa, iniciando em planejamento e terminando em admissão de recursos humanos. O cliente não tem nada a ver com essa questão e não podemos precificar em cima de algo falho nosso. Quão justo seria na relação CONAQ/CLIENTE precificar em cima da disponibilidade da CONAQ?? Outro tópico: tipo de matéria prima utilizada. Essa questão está dentro de COMPLEXIDADE do projeto. Se vamos trabalhar com uma matéria prima dificil de manuseio, dificil de compra, ou que gere qualquer dificuldade ao projeto, então essa questão estará sendo contemplada na COMPLEXIDADE do projeto.
Pra finalizar, acredito que quando menos variáveis tivermos em qualquer esfera de trabalho, mais fácil de não haver desvios, mais fácil de haver coerência e mais fácil de trabalhar. Quanto mais variáveis colocamos em uma situação, por falta de experiência, podemos ao invés de otimizar e evitar erros, maximizar as chances de inconsistência de análise.
Esse projeto de precificação, com toda a certeza é algo importantissimo, pois em projetos, frequentemente nos deparamos com essa situação e as vezes não sabemos se lidamos da maneira mais correta possivel.

Fique a vontade para tirar qualquer dúvida ou trocar uma idéia mais elaborada!

Boa sorte no projeto!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme P. Zim



Mensagens : 48
Data de inscrição : 17/10/2008

MensagemAssunto: Re: Precificação - Preço CONAQ   Seg Nov 16, 2009 2:25 pm

(_1_)Porte do cliente
(_0_)Disponibilidade da CONAQ no momento do início do projeto.
(_3_)Complexidade/dificuldade do projeto
(_3_)Prazo p/ realização do projeto
(_0_)Dificuldade de encontrar professores e/ou consultores por área de conhecimento.
(_0_)Dificuldade em agendar o Laboratório a ser usado
(_0_)Tipo de matéria prima utilizada
(_1_)Análise em terceiros (quando existir)
(_0_)Grau de tecnologia que o cliente já dispõe


Disponibilidade da CONAQ no momento do início do projeto.
Tipo de matéria prima utilizada
Dificuldade em agendar o Laboratório a ser usado
Dificuldade de encontrar professores e/ou consultores por área de conhecimento.

Esses 4 critérios se encaixam em complexidade do projeto e da falta de estrutura da CONAQ, fatores que não deviam influenciar no preço, e sim em uma reformulação da nossa estrutura, não sendo fatores que deveriam influenciar em todas as consultorias, mas são critérios que podem ser avaliado em situações extremas. Mas no momento eu cito que não devem influenciar no preço.

Porte do cliente
Análise em terceiros (quando existir)

Esse dois critérios eu coloquei, nota 1, por apenas um detalhe, não sermos explorados. Pelo fato de nossa empresa ser uma empresa junior, nosso proço já é mt inferior do de mercado, sim nos somos estudantes, mas memso assim nossos projetos são de qualidade, e um ponto que grandes empresas podem entrar em contato coma gente por coseguir fazer uam consultoria mais barata do que fazer um eng. dele perder tempo de trabalho para fazer isto, ou muito pior, para não contratar uma empresa de consultoria senior. sendo que estariamos afetando os eng. formados, nosso futuro. Caso seja um projeto mais complexo que a empresa não tenha alguem capacitado para fazer, ai entra a gente, que um projeto desse nós podemos colocar muito valor agregado pelo complexidade e traria conhecimento para nossos membros.
E a analise de terceiro é interessante pelo fato de sabermos se nosso preço esta muito, mas muito fora do mercado e poderiamos.

Outro ponto que não sei se eu li nesta discussão ou conversei com alguém é o quanto que nosso projeto vai influenciar no negocio do cliente, por exemplo, bpf é uma revisão do negocio do cliente, ele sobrevivia sem nós, mas é uma coisa que tem um manual para ser seguido este projeto ajuda bastante o negocio do cliente, mas não é o principal. Mas no projeto do energético, a empresa estava sendo montada e o nosso projeto influenciava diretamente no negocio dele, na verdade nosso projeto era o negocio do cliente e estava sendo o menor investimento que ele estava fazendo era com o nosso serviço que era o produto dele. Então acho que este ponto deveria ser avaliado tbm, sei que nos outro criterios citados a cima podem suprir este, como preço de terceiros.

os outros dois ponto que dei nota máxima já esta bem claro pelo que todos falaram, não vou repetir tudo que o felipinho já falou, mas minha opinão está igual a dele neste quesito.

Gostaria de falar da importancia do teu projeto para a CONAQ, pq é um ponto que necessita ser mudado por estes ponto que todo mundo fala, precisamos de renda, não podemos ser explorados, e precisamos ser justos com nossos clientes.

Valeu Gee, até mais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafael_furlan



Mensagens : 3
Data de inscrição : 07/10/2009

MensagemAssunto: Re: Precificação - Preço CONAQ   Qua Nov 18, 2009 10:46 pm

Iae Gee. Desculpa a demora.

(_0_)Porte do cliente
(_1_)Disponibilidade da CONAQ no momento do início do projeto.
(_3_)Complexidade/dificuldade do projeto
(_3_)Prazo p/ realização do projeto
(_2_)Dificuldade de encontrar professores e/ou consultores por área de conhecimento.
(_1_)Dificuldade em agendar o Laboratório a ser usado
(_1_)Tipo de matéria prima utilizada
(_2_)Análise em terceiros (quando existir)
(_1_)Grau de tecnologia que o cliente já dispõe


Acho que a complexidade do projeto é que deve ser mais avaliado, pois dependendo da dificuldade, pode levar mais tempo . o que levar a limitação da CONAQ em atender mais consultorias para evitar sobrecarregamento.Outro ponto, é que complexidade exige mais trabalho dos membros, e nada mais justo que esse excesso de trabalho seja mais valorizado pelo cliente. Acho que complexidade é maior critério a ser avaliado.
Abraço
=)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Precificação - Preço CONAQ   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Precificação - Preço CONAQ
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Loja Desconhecida em SP - Preço ótimo
» [Internacional] Boeing aumenta preços de aviões comerciais em 5,5%
» PREÇOS DE CARTAS ATÉ 20 GRAMAS
» CRJ-200 pela metade do preço
» CLASSIFICADORES NOVOS - BOM PREÇO...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CONAQ :: Diretorias :: Administrativo-
Ir para: